Boletim DGS

Internados superam os 900 num dia com mais nove mortes por covid

Internados superam os 900 num dia com mais nove mortes por covid

Portugal reportou, esta segunda-feira, nove vítimas mortais e 1610 novos casos de covid-19. Há mais 40 hospitalizados, 919 no total.

A semana começa com menos casos positivos - como é habitual à segunda-feira, já que ao fim de semana se realizam menos testes de diagnóstico - mas com um importante indicador no vermelho. Os internados ultrapassaram hoje os 900, valor que não era tão elevado desde meados de março. São agora 919, mais 40 do que ontem.

Em Unidades de Cuidados Intensivos estão mais cinco infetados: 198 no total.

Se compararmos o mais recente boletim epidemiológico com o da passada segunda-feira, 19 de julho, verifica-se uma diminuição de casos de infeção por SARS-CoV-2: de 1855 para 1610. Face aos dados de domingo, quando se registaram 2625 positivos, a tendência é igualmente de decréscimo. Nas últimas 24 horas morreram nove pessoas vítimas da doença: mais uma do que ontem.

Desde o início da pandemia morreram 17.301 pessoas, 954.669 contraíram a doença e 883.372 recuperaram, 1802 delas nas últimas 24 horas.

PUB

O boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) indica ainda que existem, neste momento, 53.996 casos ativos em território nacional, menos 201 do que ontem.

A região Norte, com 688, volta, esta segunda-feira, a ultrapassar a de Lisboa e Vale do Tejo (519) em número de casos. Segue-se o Algarve com 177, o Centro com 74, o Alentejo com 51, os Açores com 58 e a Madeira com 43.

O Norte reporta igualmente o maior número de mortes: cinco, havendo ainda três em LVT e uma nos Açores. As vítimas mortais são quatro homens (dois na casa dos 70, um na dos 60 e outro na faixa etária dos 50) e cinco mulheres (quatro octogenárias e uma na casa dos 70 anos).

A taxa de incidência nacional de infeções pelo SARS-CoV-2 por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias subiu, hoje, para 427,5, quando na última atualização, na sexta-feira, estava nos 418,3. No continente, este indicador passou de 430,8 para 439,3.

O Rt mantém a tendência descendente: passou de 1,07 para 1,04, tanto a nível nacional como no continente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG