O Jogo ao Vivo

Pandemia

Internamentos continuam a cair em dia com 16 mortes por covid-19

Internamentos continuam a cair em dia com 16 mortes por covid-19

Portugal tem, esta quarta-feira, mais 3062 casos de covid-19 e mais 16 óbitos associados à doença. Internamentos continuam a cair.

O boletim epidemiológico desta quarta-feira indica que a região Norte continua a registar mais novos casos quando comparada com as outras regiões do país. Hoje, há mais 1124 infeções novas. Seguem-se Lisboa e Vale do Tejo (mais 966) Centro (478), Algarve (272), Alentejo (154), Madeira (51) e Açores (17).

Nos hospitais, há, mais uma vez, menos camas a ser ocupadas. Segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS), há agora 688 pessoas internadas, menos 28 do que ontem. Destes, 144 são considerados doentes graves, menos quatro pessoas do que havia ontem em unidades de cuidados intensivos (UCI).

Esta quarta-feira, há a lamentar 16 mortes por covid-19: oito homens e oito mulheres. Os óbitos foram registados em Lisboa e Vale do Tejo (sete), Norte (cinco), Algarve (três) e Centro (um).

Em termos de faixas etárias, as vítimas mortais do sexo masculino dividem-se entre as diferentes categorias: dois tinham entre 50 e 59 anos, um 60 a 69, três entre 70 e 79 e dois mais de 80. Já a grande maioria das mulheres concentra-se na faixa etária mais elevada: seis mulheres tinham mais de 80 anos, uma entre 70 e 79 e outra entre 60 e 69.

Em comparação com a quarta-feira passada, 18 de agosto, há uma subida dos novos casos: na semana passada, registaram-se menos 79 infeções novas. O número de mortes, por sua vez, diminui em apenas um - na semana passada, houve 17 óbitos, enquanto hoje houve 16.

PUB

Em relação às hospitalizações, em ambas as semanas, houve uma diminuição de doentes em enfermaria, ainda que maior na quarta-feira passada (menos 49), enquanto hoje saíram do hospital 28 doentes. Em relação aos cuidados intensivos, na semana passada, saíram destas unidades cinco doentes graves. Hoje, saíram quatro.

Incidência a subir

A matriz de risco, o esquema de cores que regista a taxa de incidência e o índice de transmissibilidade e que, durante alguns meses, serviu de orientação para as medidas de confinamento ao Governo, foi atualizada esta quarta-feira.

Depois de ter descido na segunda-feira, a incidência subiu agora de 310,4 para 312,8 casos de infeção por SARS-CoV-2 por 100 mil habitantes, a nível nacional. Descontando as ilhas, a subida foi de 314,6 para 317,1. O índice de transmissão, o R(t) continua a manter-se em 0,98, tanto a nível nacional como a nível continental.

Desde o início da pandemia, a DGS registou 1 025 869 casos de covid-19 e 17 674 mortes associadas à doença causada pelo vírus da SARS-CoV-2.

Outros Conteúdos GMG