Nacional

Investigador de Coimbra recebe prémio da Universidade Complutense de Madrid

Investigador de Coimbra recebe prémio da Universidade Complutense de Madrid

O professor universitário de Coimbra João Rui Pita foi premiado pela Universidade Complutense de Madrid pelo seu trabalho de investigação na área da História da Farmácia, foi anunciado este sábado.

Docente da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra (UC) e investigador do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da UC (CEIS20), João Rui Pita foi distinguido com a medalha Cátedra Centenária de História da Farmácia - Madrid de 2019.

"Esta condecoração anual conferida pela Faculdade de Farmácia da Universidade Complutense de Madrid é destinada a reconhecer os méritos de uma instituição ou de um investigador de Espanha ou de outro país no âmbito da história da farmácia, tanto no ensino como na investigação", afirma em comunicado Ana Leonor Pereira, do CEIS20.

Ana Leonor Pereira, professora da Faculdade de Letras da UC, e João Rui Pita integram a coordenação científica do Grupo de História e Sociologia da Ciência e da Tecnologia daquele centro de estudos.

Com este prémio, a Universidade Complutense de Madrid "pretende destacar aqueles que, no campo da História da Farmácia, têm dirigido e realizado investigação", bem como "trabalho extraordinário de serviço e de mérito inquestionável" no mesmo domínio, como "iniciativas e reuniões científicas reconhecidas publicamente e de impacto".

Também este ano, João Rui Pita já tinha sido "distinguido (...) com o conceituado prémio medalha Carmen Francés de História da Farmácia", salienta Ana Leonor Pereira.

Este prémio mundial foi atribuído ao investigador de Coimbra pela Academia Internacional de História da Farmácia, que divulgou a sua decisão à comunidade científica durante o 44.º Congresso Internacional sobre História da Farmácia, que decorreu em Washington, nos Estados Unidos da América, em setembro.

Outras Notícias