Exclusivo

Investimento no Interior cresce mas ainda não se nota

Investimento no Interior cresce mas ainda não se nota

Programas com incentivos excederam as melhores expectativas do Governo. Projeto para criação de emprego nas zonas mais remotas do país recebeu 500 milhões.

Um ano depois de o Governo ter anunciado um apoio de 4827 euros à cabeça para quem quisesse mudar-se para o interior, foram entregues 207 candidaturas à medida Emprego Interior MAIS, uma das criadas para a mobilidade de trabalhadores. Foram beneficiadas 740 pessoas e investidos 1,2 milhões de euros. A medida faz parte de um pacote de 426 milhões de euros, para um impacto previsto de 665 milhões, anunciados para atrair população para o Portugal periférico e despovoado. "O investimento foi ultrapassado", garantiu ao JN, a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, notando, porém, "que ainda não é suficiente" para que o impacto começar a notar-se.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG