Exclusivo

IPSS dizem ter recebido instruções superiores para vacinar os dirigentes

IPSS dizem ter recebido instruções superiores para vacinar os dirigentes

Manuel Lemos diz que misericórdias foram instadas a identificar os elementos da direção para vacinar.

Os responsáveis pelas Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e das misericórdias portuguesas dizem-se "indignados" com o clima de suspeição sobre a vacinação dos dirigentes ativos em lares da terceira idade.

O presidente da União das Misericórdias, Manuel Lemos, garantiu, quinta-feira no Parlamento, que as estruturas receberam ordens superiores para incluir esses elementos nas listas. Lino Maia, da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade Social (CNIS), receia que a polémica leve à "debandada" de dirigentes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG