ANMP

JN distinguido no prémio de Jornalismo e Poder Local

JN distinguido no prémio de Jornalismo e Poder Local

A Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) distinguiu, com uma menção honrosa, um trabalho do "Jornal de Notícias", assinado pelo jornalista Delfim Machado, sobre a instalação de equipamentos amigos do ambiente em 25 concelhos de Portugal. O primeiro prémio da categoria de Imprensa foi atribuído a um trabalho da jornalista Céu Neves, do "Diário de Notícias" e o primeiro prémio da categoria Rádio foi entregue a Nuno Guedes, da TSF.

O júri do Prémio ANMP de Jornalismo e Poder Local 2022 já decidiu quais foram os trabalhos premiados na edição deste ano, em que são galardoados trabalhos jornalísticos referentes ao ano de 2021 e que versem sobre temas relacionados com o Poder Local. O trabalho "PapaChicletes e EcoPontas despoluem em 25 concelhos", com texto do jornalista Delfim Machado e que foi publicado no "JN Urbano", recebeu a única menção honrosa da categoria de Imprensa.

O trabalho deu a conhecer o projeto do Laboratório da Paisagem e do Centro de Valorização de Resíduos de Guimarães que transforma pontas de cigarros e pastilhas elásticas usadas em mobiliário urbano. A criação destes "EcoPontas" e "PapaChicletes" teve tanto sucesso em Guimarães que 25 concelhos de Portugal já os adquiriram. As fotografias são do fotojornalista Miguel Pereira, da Global Imagens.

Diário de Notícias e TSF vencem 1º prémio

Na categoria de Imprensa, o primeiro prémio foi entregue ao trabalho "Refugiados em Portugal - Aos 62 anos e com 40 no exército afegão, vi muitas mudanças. Tenho essas memórias". O texto é da jornalista Céu Neves e foi publicado no "Diário de Notícias". Versa sobre o acolhimento de cidadãos afegãos que chegaram a Portugal por via do corredor de emergência aberto após a ocupação dos talibãs.

Na categoria de Rádio, o trabalho "A ilha do Tempo", de Nuno Guedes, da TSF, foi distinguido com o primeiro prémio. O trabalho foi conhecer como corre a vida na primeira região da Europa que vacinou quase toda a população, a ilha do Corvo, na Região Autónoma dos Açores. A única menção honrosa da categoria Rádio foi atribuída à série "Praça do Município", da Antena 1, da autoria de Afonso de Sousa, Carolina Ferreira, Diana Craveiro, Mário Antunes, Nuno Amaral, Paula Veran e Rita Colaço com coordenação de Natália Carvalho.

O júri decidiu que as candidaturas ao prémio nas categorias de Televisão e Fotojornalismo não seriam premiadas este ano.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG