Exclusivo

Jornada Mundial da Juventude: palco para Papa Francisco e nova ponte já em construção

Jornada Mundial da Juventude: palco para Papa Francisco e nova ponte já em construção

Obra para a Jornada Mundial da Juventude arrancou há um mês, mas Câmara de Loures teme atrasos nos concursos e entrega de materiais. Plano de segurança à espera de Lisboa.

Na zona ribeirinha entre o Parque das Nações, em Lisboa, e a Bobadela, em Loures, já é possível ver uma elevação do terreno, onde será montado o palco de onde o Papa Francisco falará para cerca de um milhão de jovens de todo o Mundo. A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) acontece daqui a um ano, na primeira semana de agosto de 2023, com o Parque Tejo a acolher os eventos mais importantes: a Vigília e a Missa Final, lideradas pelo chefe da Igreja Católica, que aproveitará a vinda a Portugal para visitar Fátima.

O empenho para que nada falhe no maior evento que o país recebe desde a Expo 98 já é visível, mas poderá não ser possível evitar alguns percalços. A Câmara de Loures, que já concluiu a limpeza dos terrenos municipais e diz estar a cumprir a programação, não esconde que "poderão existir imponderáveis, como condições climatéricas adversas e atrasos nos procedimentos e na entrega de materiais e equipamentos". A intervenção, em cerca de 75 hectares será feita "em terrenos de várias entidades, como Infraestruturas de Portugal, Galp e Corticeira Tavares & Companhia", indica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG