2022

Jornada Mundial da Juventude vai envolver todas as dioceses

Jornada Mundial da Juventude vai envolver todas as dioceses

O bispo de Bragança-Miranda, D. José Cordeiro, acredita que a Jornada Mundial da Juventude, marcada para 2022 em Lisboa, que contará com a presença do Papa Francisco, "vai envolver e comprometer" todas as dioceses de Portugal.

"As nossas expectativas são muito elevadas. Depois de 35 anos de Jornadas Mundiais da Juventude criou-se um dinamismo e um alcance que é preciso acompanhar, mas precisamos de todos", sublinhou esta quinta-feira de manhã, durante um encontro com a comunicação social, em Bragança. D. José Cordeiro foi um dos seis bispos da comitiva da Conferência Episcopal Portuguesa que se deslocou à Jornada Mundial da Juventude 2019, no Panamá, na semana passada.

A Jornada Mundial da Juventude de Lisboa poderá também contribuir para mobilizar os jovens e para estes serem evangelizadores de outros, pelo contágio da alegria e dos testemunho da fé, podendo ajudar a criar mais vocações e a atrair mais fiéis. "É uma oportunidade única para a renovação da Pastoral Juvenil Vocacional em Portugal, nos países da lusofonia e também nesta velha Europa que precisa deste novo vigor, deste novo alento para poder responder com alegria e com esperança às horas difíceis que vivemos no mundo de hoje", referiu D. José, não negando que o evento pode ser um impulso para os jovens e até poderão ser despertadas mais vocações. "É uma feliz oportunidade para este amadurecimento na fé. As jornadas são momentos de fé, de oração, de convívio, de encontro e de confronto com aquela pergunta fundamental: Para quem é que eu sou?. Neste confronto autêntico surgem pessoas capazes de doar a sua vida ao Evangelho e ao serviço dos outros, aos que mais precisam e aos mais pobres ", acrescentou.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG