O Jogo ao Vivo

Autárquicas

José Luís Carneiro remete para distrital e concelhia decisão sobre candidatura ao Porto

José Luís Carneiro remete para distrital e concelhia decisão sobre candidatura ao Porto

O secretário-geral adjunto do PS recusou esclarecer se é candidato à Câmara do Porto, remetendo para a distrital e para a concelhia dos socialistas a decisão sobre o cabeça-de-lista à autarquia nas eleições deste ano.

"Esses assuntos têm que ser tratados com a distrital do PS e com a concelhia do Porto", afirmou aos jornalistas José Luís Carneiro, na conferência de imprensa que decorreu na distrital do PS/Porto sobre o caso da partilha de informação de manifestantes russos pela Câmara de Lisboa.

"Como foi dito pelo secretário-geral do PS, isso é um assunto da competência da federação e da concelhia, esperemos que as respetivas estruturas tomem as suas decisões", disse, escusando-se a responder se é candidato ou não à Câmara do Porto.

Como o JN avançou hoje, Manuel Pizarro, presidente da federação distrital e eurodeputado, que foi candidato à Câmara do Porto em 23013 e 2017, "é a solução de emergência do PS" para a cidade. Já o jornal "Público" escreve que "a solução" socialista para o Porto pode ser José Luís Carneiro, acrescentando que "há movimentações que apontam para o apoio do partido ao secretário-geral adjunto".

Na quarta-feira, Eduardo Pinheiro, secretário de Estado da Mobilidade, declinou o convite para ser o candidato do PS à Câmara do Porto, um dia depois de os socialistas o terem anunciado como o escolhido para entrar na corrida autárquica à segunda cidade do país. Na sequência da decisão de Eduardo Pinheiro se afastar da corrida autárquica, António Costa manifestou "total solidariedade" com a decisão do seu secretário de Estado, esperando agora que a concelhia e federação deste partido encontrem "uma solução vitoriosa".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG