O Jogo ao Vivo

Congresso

José Luís Carneiro: Sucessão de Costa "não é prioridade política" do PS

José Luís Carneiro: Sucessão de Costa "não é prioridade política" do PS

O secretário-geral adjunto do PS considerou, este sábado, que a sucessão de António Costa como secretário-geral do partido "não é uma prioridade política" do partido, e que o foco deve estar na recuperação económica do país e nas eleições autárquicas.

José Luís Carneiro falava aos jornalistas à chegada para o 23.º Congresso do PS, que decorre este sábado e domingo na Portimão Arena, quando foi questionado sobre o tema da sucessão de António Costa como secretário-geral do partido. "Nesta altura, estar a colocar o tema dessa natureza como é evidente não é um tema que seja prioridade política do PS, a prioridade está em conseguirmos agora recuperar as condições de vida económica e social", respondeu o responsável socialista.

Para o secretário-geral adjunto, é "incompreensível" estar a falar neste tema "a meio do exercício do mandato", tendo o PS responsabilidades perante o país e depois do esforço feito para "ultrapassar um dos momentos mais críticos que o país viveu no último ano e meio", arranjando "instrumentos financeiros para remover obstáculos ao desenvolvimento".

PUB

Na visão do secretário-geral adjunto, as eleições autárquicas de 26 de setembro são importantes para conseguir "o objetivo de recuperação" social e económica. "Para conseguirmos esse objetivo, é para isso que olhamos para as eleições autárquicas de forma tao especial, empenhada e comprometida, porque para nós, termos nas autarquias autarcas comprometidos com esta visão de desenvolvimento, é absolutamente essencial para conseguirmos vencer os desafios que temos pela frente", frisou.

Respondendo que "foi a comunicação social que criou esse tema de tabu", Carneiro lembrou que António Costa disse em entrevista ao "Expresso" que "ia decidir em 2023".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG