O Jogo ao Vivo

Nacional

Lacão diz que "não há mais a acrescentar" sobre redução de deputados

Lacão diz que "não há mais a acrescentar" sobre redução de deputados

O ministro dos Assuntos Parlamentares escusou-se hoje, sexta-feira, a comentar se tem condições para continuar, face às divergências com a bancada do PS quanto à redução do número de deputados, afirmando que "não há mais a acrescentar" sobre este assunto.

"Hoje, esse não é o tema. Sobre essa matéria disse o que tinha a dizer, não há mais a acrescentar", declarou o ministro Jorge Lacão, depois de questionado à saída do plenário da Assembleia da República sobre se se sente isolado, com o grupo parlamentar do PS e o Governo a recusarem qualquer iniciativa para diminuir o número de deputados, como o governante admitiu.

Instado a comentar se tem condições políticas para se manter no cargo - o que já foi questionado por deputados socialistas -, o ministro voltou a recusar responder: "Não tenho mais nada a declarar sobre essa matéria", afirmou.

"Se me quiserem perguntar alguma coisa sobre a lei da televisão, que vai ser submetida a votação em poucos momentos no plenário, terei muito gosto em falar convosco sobre esse tema. É sobre esse tema que estou disponível para vos falar", disse Jorge Lacão.

O ministro também não esclareceu quando irá reunir-se com o líder parlamentar do PSD, na sequência da proposta de Miguel Macedo para elaboração de um projecto de lei conjunto entre PS e PSD com vista à redução do número de eleitos no Parlamento -- actualmente, 230.

Outras Notícias