Covid-19

Lares começam vacinação em janeiro, mas só naqueles sem surtos ativos

Lares começam vacinação em janeiro, mas só naqueles sem surtos ativos

A ministra da Saúde disse esta segunda-feira que está previsto começar a vacinação covid-19 nos lares no início de janeiro, mas explicou que nas unidades com surtos ativos isso só acontecerá quando estes estiverem resolvidos. O secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras Lopes, avançou com a data de 4 de janeiro para o início do processo.

"Neste momento está a ser concluído o processo de identificação das estruturas residenciais para idosos que são objeto desta administração, sendo certo que há uma circunstância que temos de ter presente, que são as unidades que têm surtos, que não serão alvo de vacinação enquanto o surto se mantiver ativo, por uma questão de segurança", disse Marta Temido, que falava no Hospital Curry Cabral.

A ministra falava depois de ter assistido à vacinação de duas enfermeiras do Curry Cabral e do diretor do serviço de infecciologia desta unidade hospitalar, Fernando Maltez.

Em declarações à TSF, Diogo Serras Lopes, secretário de Estado da Saúde, explicou que o processo começa na próxima semana. "O que está previsto neste momento é que se inicie na semana de 4 de janeiro" , adiantou o governante frisando, porém, que a data concreta "dependerá sempre da chegada das doses" da vacina.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG