Reunião

Líder do CDS convoca Conselho Nacional para decidir sobre adiamento do congresso

Líder do CDS convoca Conselho Nacional para decidir sobre adiamento do congresso

O presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, solicitou esta quinta-feira a convocação de uma reunião urgente do Conselho Nacional para "deliberar sobre a realização" do congresso eletivo do partido, marcado para o final de novembro.

"Decidi solicitar ao presidente do Conselho Nacional a convocação urgente deste órgão, para reunião extraordinária, com vista a deliberar sobre a realização do XXIX Congresso Nacional do CDS-PP", informa o líder centrista numa nota enviada aos jornalistas.

Francisco Rodrigues dos Santos refere que tomou esta decisão no seguimento da carta que lhe foi enviada por vários líderes distritais do partido e pelo líder regional dos Açores, "por não ser indiferente aos argumentos ali apresentados a favor da necessidade de dar prioridade à preparação atempada das eleições legislativas, em detrimento da realização imediata de um congresso".

Vários líderes distritais do CDS-PP enviaram uma carta ao presidente do partido apelando-lhe para que convoque um Conselho Nacional extraordinário com vista a adiar o congresso eletivo marcado para o final de novembro, na sequência da crise política.

"A realização de um congresso em vésperas de eleições alhearia o partido da importante tarefa que o nosso eleitorado espera de nós. É por isto que lhe pedimos que solicite, com urgência, a realização de um Conselho Nacional extraordinário que desconvoque o congresso e que mobilize o partido para a sua missão essencial: ganhar o país", pedem os dirigentes.

Através de uma carta enviada ao presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, estes centristas defendem que "o agravamento, por mais um mês, do clima de guerrilha e de agressividade interna" que se tem sentido desde que o congresso foi convocado "não só não dignifica o partido, como desvia do essencial e não esclarece os eleitores".

"Pior: não passa de um tremendo frete ao Partido Socialista", defendem.

PUB

A carta enviada ao líder do CDS-PP, e à qual a agência Lusa teve hoje acesso, é assinada pelo presidente do CDS-PP/Açores, Artur Lima, e também pelos presidentes das comissões políticas distritais de Aveiro, Ricardo Silva, de Coimbra, Jorge Alexandre Almeida, de Leiria, Rosa Guerra, do Porto, Fernando Barbosa, de Santarém, Pedro Pereira, de Setúbal, João Merino, de Viana do Castelo, Paulo Sousa, de Vila Real, Gonçalo Nascimento Alves, e de Viseu, José Pinto.

Assinam também delegados distritais de Beja, Bragança, Portalegre e Faro.

O 29.º Congresso do CDS-PP está agendado para os dias 27 e 28 de novembro e são candidatos à liderança o atual presidente, Francisco Rodrigues dos Santos, e o eurodeputado e líder da distrital de Braga, Nuno Melo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG