Incêndios

Empresa que fabricou golas foi indicada por adjunto do secretário de Estado

Empresa que fabricou golas foi indicada por adjunto do secretário de Estado

Adjunto de secretário de Estado da Proteção Civil e dirigente socialista assume ter recomendado fornecedores. Desconforto na ANEPC com passa-culpas de Artur Neves.

Francisco José Ferreira, adjunto do secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, e presidente da concelhia do PS/Arouca, foi quem recomendou as empresas para a compra das 70 mil golas antifumo inflamáveis, 15 mil kits de emergência com materiais combustíveis e panfletos, entregues às 1909 povoações do programa "Aldeia Segura, Pessoas Seguras".

Pelos materiais, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) pagou 350 mil euros às empresas Foxtrot Aventura - propriedade do marido de uma autarca do PS de Guimarães - e à Brain One, Lda, cujos donos têm, há vários anos, adjudicações da Câmara de Arouca, onde Artur Neves foi autarca durante 12 anos, até ir para o Governo.

Ler mais na edição impressa ou epaper