Política

Líder parlamentar do PS recusa comentar remodelação em curso no Governo

Líder parlamentar do PS recusa comentar remodelação em curso no Governo

O líder parlamentar do PS recusou-se esta quinta-feira a fazer qualquer comentário sobre a alegada remodelação em curso no Governo e que terá sido originada pela candidatura do ministro Pedro Marques nas próximas eleições europeias.

No final da reunião da bancada socialista, Carlos César foi questionado sobre eventuais mudanças esperadas no executivo de António Costa em resultado de o atual titular da pasta do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, ser anunciado no sábado como cabeça de lista do PS nas próximas eleições europeias.

O presidente do Grupo Parlamentar do PS foi ainda interrogado se aceita que, na próxima segunda-feira, tomem posso novos ministros - isto, quando o país está a poucos meses de eleições legislativas.

Perante estas questões, Carlos César optou nas suas respostas por usar um tom de humor.

"Eu interpreto em 90% dos casos a opinião do senhor primeiro-ministro. Mas acho que em matéria de remodelação trata-se dos restantes 10%. Portanto, não posso falar sobre isso", alegou.

Perante os jornalistas, o presidente do Grupo Parlamentar do PS também desdramatizou o dado de que o crescimento económico do país, em 2018, ficou ligeiramente abaixo das estimativas do Governo, argumentando que tal foi resultado de uma conjuntura externa mais desfavorável ao país.

"Não se trata de um abrandamento da economia, mas de um crescimento mais moderado. O nosso grande objetivo é crescer acima da zona euro e acima da média europeia. Felizmente, Portugal está a crescer mais do que a zona euro e do que a União Europeia", sustentou.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG