Exclusivo

Lisboa e Porto com menos bebés, mas todo o país perde

Lisboa e Porto com menos bebés, mas todo o país perde

Primeiro semestre mostra quebra inédita nos últimos 30 anos. Foram feitos menos 4474 "testes do pezinho".

Todos os distritos de Portugal continental, incluindo os arquipélagos da Madeira e dos Açores, registaram uma descida no número de bebés rastreados nos primeiros meses de 2021, face ao mesmo período do ano passado, de acordo com os dados do Programa Nacional de Rastreio Neonatal (PNRN). Em números absolutos, a descida foi maior em Lisboa (menos 1270 nascimentos) e no Porto (menos 699). Mas foi na Guarda (-27,1%) e em Braga (-15,8%) que a variação percentual no número de recém-nascidos, a quem foi feito o chamado "teste do pezinho", teve uma redução mais acentuada, comparando com o ano de 2020.

Dos quatro distritos acima referidos, três (Lisboa, Porto e Braga) são os que registam mais bebés examinados nos primeiros seis meses de 2021. Já Guarda e Bragança estão nos últimos lugares.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG