Mau tempo

Lisboa, Setúbal, Beja e Faro continuam sob aviso amarelo

Lisboa, Setúbal, Beja e Faro continuam sob aviso amarelo

Os distritos de Guarda e Castelo Branco estão este domingo sob aviso amarelo devido à queda de neve, enquanto Lisboa, Setúbal, Beja e Faro continuam em alerta, até às 9 horas de segunda-feira, pela previsão de chuva, anunciou o IPMA.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o aviso amarelo de precipitação para os distritos de Lisboa, Setúbal, Beja e Faro vigora entre as 2 horas e as 9 horas de segunda-feira, com a indicação de "aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados de trovoada".

Estes quatro distritos já estiveram hoje, entre as 12 horas e as 18 horas, sob aviso amarelo, devido à previsão de chuva, juntamente com Leiria, Santarém e Évora.

Além desse período, os distritos de Beja e Faro estiveram ainda sob aviso amarelo entre as 8 horas e as 15 horas, por causa do vento forte de sueste, com rajadas até 80 quilómetros por hora, de acordo com informação do instituto de serviço meteorológico.

Num aviso emitido ao final desta tarde, o IPMA colocou ainda o distrito de Faro sob aviso amarelo pela agitação marítima, entre as 18.54 e as 21 horas de hoje, prevendo "na costa sul ondas de sueste com dois a três metros".

Quanto à queda de neve, Guarda e Castelo Branco estão no nível de alerta amarelo entre as 21 horas de hoje e as 6 horas de segunda-feira.

A previsão para estes dois distritos é de "queda de neve acima da cota 1600/1700 metros na Serra da Estrela, com acumulação de cinco centímetros na região da Torre", em que os impactos prováveis são a perturbação causada pela acumulação de neve e possível formação de gelo, por exemplo, "vias condicionadas ou interditas, danos em estruturas ou árvores, abastecimentos locais prejudicados", informou o IPMA.

PUB

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que a situação meteorológica representa risco para determinadas atividades.

No âmbito dos alertas para o dia de hoje, a Proteção Civil registou, até às 17:00, um total de 96 ocorrências relacionadas com o mau tempo em Portugal continental, inclusive quedas de árvores e inundações, sobretudo localizadas no distrito de Faro, mas sem registo de feridos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG