Parlamento

Livre pede reunião a Ferro, Joacine deixa de representar o partido

Livre pede reunião a Ferro, Joacine deixa de representar o partido

A direção do Livre vai pedir uma reunião ao presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, para encontrar uma solução que garanta que a deputada Joacine Katar Moreira deixou de representar o partido.

"Iremos solicitar, após esta conferência de imprensa, uma reunião com o presidente da Assembleia da República (AR) para esclarecermos esta questão. Parece-me claro e de bom senso que, se um partido não quer ser representado por uma pessoa, essa pessoa não o deve representar", declarou o porta-voz Pedro Mendonça.

O dirigente respondia a perguntas dos jornalistas, em conferência de imprensa, em Lisboa, sobre se a 44.ª Assembleia do Livre, que retirou a confiança política à sua deputada única, equacionou a possibilidade de Joacine Katar Moreira não comunicar a Ferro Rodrigues a intenção de passar a deputada não inscrita.

"Os deputados que não integrem que qualquer grupo parlamentar, e que não sejam únicos representantes de partido político, comunicam o facto ao Presidente da Assembleia e exercem o seu mandato como deputados não inscritos", prevê o artigo 11.º do regimento da Assembleia da República.

Pedro Mendonça sublinhou que o Livre "é um partido com órgãos próprios, com órgãos democraticamente eleitos", inscrito no Tribunal Constitucional.

Sendo uma situação "inédita na democracia portuguesa, com certeza haverá uma solução", disse.

A retirada de confiança política à deputada única do Livre, Joacine Katar Moreira, foi aprovada com 83% de votos favoráveis - 34 a favor e sete contra - numa reunião da Assembleia do partido que terminou esta sexta-feira de madrugada.

"A partir deste momento tudo o que Joacine Katar Moreira disser ou fizer na sua ação política, concordemos ou não, não representa o partido livre, os órgãos e os seus membros", declarou Pedro Mendonça.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG