Coronavírus

Mãe de adolescente é o segundo caso confirmado de Covid-19 no Algarve

Mãe de adolescente é o segundo caso confirmado de Covid-19 no Algarve

A mãe da jovem do Algarve infetada com o coronavírus também teve resultado positivo para o Covid-19.

A mulher é professora na Escola Básica 2,3 Professor José Buísel, em Portimão, que está encerrada. É o segundo estabelecimento de ensino a fechar portas depois de este domingo tem sido anunciado que a Secundária Manuel Teixeira Gomes, onde estuda a jovem infetada, não iria abrir esta segunda-feira e até dia 20.

A estudante de 16 anos tem mais duas irmãs que estão em isolamento, sem sintomas, e foi o primeiro caso confirmado no Algarve. A família esteve em Itália nas férias do Carnaval.

Este será o 32.º caso confirmado de Covid-19 em Portugal. Falta saber qual o 31.º caso, anunciado ontem à noite pela DGS, como sendo mais um no norte do país, o 23.º, sendo que 19 estão relacionados com o mesmo doente, da região de Felgueiras, e que levou a Direção-Geral da Saúde a mandar encerrar todas as escolas públicas e privadas dos concelhos de Felgueiras e Lousada.

Para conter a transmissão da doença, decidiu ainda fechar os ginásios, bibliotecas, piscinas, espaços para eventos e cinemas. Os munícipes estão a ser aconselhados a evitar deslocações desnecessárias e reuniões com muita gente. Medidas que terão implicações na vida de mais de 100 mil pessoas.

A Câmara de Lousada anunciou, esta madrugada, "medidas excecionais", preventivas e temporárias mas sem fim determinado, que acrescem àquelas determinadas pela DGS.

PUB

Segundo o comunicado revelado no domingo à noite, além dos 23 casos a norte havia um no centro, seis em Lisboa e um no Algarve, o da jovem de 16 anos.

Estão atualmente identificadas quatro cadeias de transmissão e há casos importados de Itália (5) e de Espanha (1).

Em relação aos 30 casos confirmados sobre os quais foi revelada informação, sabe-se que são 18 homens e 12 mulheres.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou cerca de 3800 mortos entre mais de 109 mil pessoas infetadas numa centena de países e territórios. Das pessoas infetadas, cerca de 60 mil já recuperaram.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG