Premium

Mãe do bebé Rodrigo só aceita expulsão de médico

Mãe do bebé Rodrigo só aceita expulsão de médico

Conselho Disciplinar do Sul deliberou a 14 de abril sobre o caso de Setúbal, mas decisão só será revelada após notificação do clínico. Há mais quatro queixas apresentadas por famílias.

A decisão disciplinar da Ordem dos Médicos à conduta do obstetra Artur de Carvalho no acompanhamento da gestação do bebé Rodrigo, que nasceu em outubro, no hospital de Setúbal, sem rosto e parte do crânio, está tomada. A notificação do Conselho Disciplinar da Zona Sul da Ordem dos Médicos ainda não chegou ao médico, pelo que só nessa altura será conhecida publicamente. Marlene Simão, mãe do bebé, espera que decisão seja de expulsão.

"A expulsão vem tarde, tendo em conta que o obstetra tinha queixas anteriores ao caso do Rodrigo e nunca foi punido", lamenta a jovem mãe para quem esta é a única punição que vai ao encontro do objetivo de ter tornado o caso público.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG