Exclusivo

Maioria das câmaras vende água abaixo do preço de custo

Maioria das câmaras vende água abaixo do preço de custo

Câmaras de Almodôvar e de Foz Côa são as que menos recuperam custos.

A maioria dos serviços de águas e saneamento não tem receitas para cobrir os seus custos: só 37,7% das 233 entidades gestoras de abastecimento de água às populações e 23,7% das 227 responsáveis pelos esgotos o conseguem.

A maioria está sob pressão para agregar-se e aumentar as tarifas. Segundo o Relatório Anual dos Serviços de Águas e Resíduos em Portugal (RASARP 2021), em 2020, o número de distribuidores de água com volumes de receitas superiores a 100% dos custos era de apenas 88, enquanto 113 ficaram abaixo. Dessas, 57 não conseguiam recuperar sequer 75%. Trinta e duas nem responderam. Na drenagem de águas residuais, o panorama é pior: 147 entidades não conseguem cobrir os seus gastos, só 54 alcançam esse objetivo e 91 não chegam a 75%.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG