DGS

Maioria dos casos de sarampo afeta pessoas não vacinadas

Maioria dos casos de sarampo afeta pessoas não vacinadas

Foram notificados 46 casos de sarampo, até às 16 horas desta quarta-feira, informou a Direção Geral de Saúde, em comunicado. Mais de metade em pessoas sem registo de vacinação.

Dos 46 casos de sarampo notificados, 21 foram confirmados e 15 estão em investigação. Nos restantes 10 casos foi já excluído o diagnóstico de sarampo.

Entre os 21 casos confirmados, 12 (57%) são em pessoas não vacinadas. Há nove profissionais de saúde infetados, dois destes sem registo de vacinação, informa a Direção Geral de Saúde (DGS), em comunicado.

A Região de Lisboa e Vale do Tejo, com 13 casos, é a mais afetada pelo surto de sarampo, que tem um caso confirmado a norte e sete na região do Algarve.

Por faixas etárias, os adultos com idade superior a 20 anos (13 casos) são os mais afetados. Entre as crianças com menos de um ano há quatro casos confirmados e três no grupo etário do 1 aos 4 anos.

Esta quarta-feira, morreu em Lisboa a jovem de 17 anos que estava internada com sarampo no Hospital Dona Estefânia.

O sarampo é uma doença altamente contagiosa, geralmente benigna mas que pode desencadear complicações e até ser fatal. Pode ser prevenida pela vacinação, que em Portugal é gratuita e está no Programa Nacional de Vacinação.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG