Covid-19

Mais 552 infetados e 13 mortes: desde julho que não morria tanta gente

Mais 552 infetados e 13 mortes: desde julho que não morria tanta gente

Há mais 552 casos e 13 novas mortes por covid-19 em Portugal. Ao todo, contam-se 68.577 infetados e 1912 vítimas mortais. Há 192 novos doentes recuperados.

O número de novos infetados, que no sábado foi de 849 (o quinto dia com mais novos infetados desde o início da pandemia), baixou, este domingo, para 552, revela o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. Há ainda mais 347 doentes ativos face a ontem, de um total de 21.069. Por outro lado, houve, nas últimas 24 horas, mais 192 doentes recuperados (de 45.596).

A região Norte é hoje a que mais novos casos regista (273 de um total de 24.795), seguindo-se Lisboa e Vale do Tejo (179 de 35.004). No Centro, há mais 29 infetados (em 5621), no Alentejo mais 35 (em 1318) e no Algarve mais 33 (1392). O arquipélago da Madeira soma mais um caso, de 204, e os Açores mais dois, sendo o total de 243 infetados

Desde julho que não morria tanta gente

Morreram em Portugal mais 13 pessoas, elevando para 1912 o número total de mortes por covid-19. Desde 9 de junho (dia em que houve igual número de mortes) que não se registavam tantos óbitos. Dez das vítimas foram registadas em Lisboa e Vale do Tejo e três no Norte. Duas delas (um homem e uma mulher) tinham entre 60 e 69 anos, outras duas (também um homem e uma mulher) entre 70 e 79 anos, e nove vítimas (três homens e seis mulheres) tinham 80 anos ou mais.

O número de internamentos segue a tendência de crescimento já registada no balanço de ontem, havendo agora mais 14 pessoas em enfermaria (511). Por outro lado, há menos um doente em unidades de cuidados intensivos (63).

Sob vigilância, estão 39.362 pessoas, menos 26 face a sábado.

Outras Notícias