O Jogo ao Vivo

Balanço

Portugal volta a bater recorde nos cuidados intensivos por covid-19

Portugal volta a bater recorde nos cuidados intensivos por covid-19

Depois de, esta terça-feira, ter ultrapassado a barreira dos quatro mil mortos por covid-19, Portugal registou, esta quarta-feira, mais 71 óbitos e 5290 casos de infeção. Número de internados em UCI - que esta terça-feira ultrapassou pela primeira vez a barreira dos 500 - aumentou para 517.

O boletim epidemiológico desta quarta-feira da Direção-Geral da Saúde (DGS) dá conta de que, até à meia-noite, foram contabilizados mais 5290 novos infetados, um número significativamente superior ao de terça-feira (3919) e inferior ao da passada quarta, quando se registaram 5891 casos. Desde março houve 274 011 casos confirmados do novo coronavírus no país.

Da totalidade de infeções diárias, 3224 são no Norte (mais do que as 2284 de terça-feira), 1177 em Lisboa e Vale do Tejo, 506 no Centro, 256 no Alentejo, 81 no Algarve, 30 na Madeira e 16 nos Açores. Das 71 vítimas mortais, 35 viviam no Norte, 25 em Lisboa e Vale do Tejo, dez no Centro e uma no Alentejo.

A faixa etária mais atingida pela mortalidade continua a ser a dos doentes com mais de 80 anos: 20 homens e 23 mulheres com esta idade morreram nas últimas 24 horas. Seguem-se as pessoas entre os 70 e os 79 anos com 18 mortes (11 homens e sete mulheres), entre os 60 e 69 anos com sete vítimas mortais (cinco homens e duas mulheres) e três homens entre os 50 e os 59 anos. Desde o início da pandemia, morreram 4 127 pessoas com covid-19 em Portugal.

O número de internados nos cuidados intensivos (UCI) volta a bater um recorde com 517 doentes: mais onze do que na terça-feira. Todavia, há menos 24 pessoas internadas (enfermaria e UCI) nos hospitais portugueses face ao dia anterior (3251 no total).

Mais 5 123 pessoas recuperaram da covid-19 nas últimas 24 horas. No total, há 80 528 casos ativos do novo coronavírus, mais 96 do que na terça-feira.

PUB

Outras Notícias