Covid-19

Mais cinco mortes e 227 infetados, Norte com menos 30 novos casos

Mais cinco mortes e 227 infetados, Norte com menos 30 novos casos

Portugal registou este domingo mais cinco mortes, todas em Lisboa e Vale do Tejo, e 227 novos casos de covid-19, menos do que o número de recuperados. Ao todo, contam-se 36690 infetados e 1517 óbitos desde o início da pandemia. O Norte tem menos 30 novos infetados do que ontem.

Segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde, morreram em Portugal cinco pessoas desde sábado, dia em que apenas se tinha registado sete óbitos, elevando para 1517 o número total de mortes por covid-19. Nas últimas 24 horas, foram registados mais 227 casos de infeção, havendo agora 36463 infetados desde março.

Todas as cinco vítimas mortais foram registadas em Lisboa e Vale do Tejo (427), mantendo-se o mesmo número de mortes na região do Norte (812), Centro (246), Alentejo (2), Algarve (15), Açores (15) e Madeira, sem óbitos. Três tinham 80 anos ou mais, uma tinha entre 70 e 79 e outra entre 60 e 69 anos.

91% dos novos casos em Lisboa e Vale do Tejo, Norte desce

Dos 227 novos contágios, 206 registaram-se em Lisboa e Vale do Tejo, o que equivale a cerca de 91% do total (ontem, tinha sido 76%). Desses, 59 (26%) foram detetados no concelho de Sintra (33), Amadora (14) e Loures (12).

O Norte, que no balanço de sábado mais do que duplicou o número de novos casos, passando de 17 para 42, soma hoje mais 12 infetados (menos 30 que ontem). De resto, há mais cinco infetados no Centro (3868 ao todo), mais um no Alentejo (281) e mais dois no Algarve (395). Açores (143) e Madeira (90) sem mais infeções.

PUB

O concelho de Espinho, onde há um "pequeno surto" de covid-19 num bairro piscatório, somou apenas mais um infetado face a ontem (98 no total).

Recuperados sobem, internados descem

Há, em todo o país, 419 pessoas a receber tratamento hospitalar (menos 9 do que as que havia ontem), 73 das quais em unidades de cuidados intensivos (menos quatro). E há ainda 22669 casos recuperados, mais 231 do que ontem.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG