Exclusivo Edição Impressa

Mais de 1700 doentes à espera de vaga nos cuidados continuados

Mais de 1700 doentes à espera de vaga nos cuidados continuados

Pressão imobiliária dificulta respostas em Lisboa. Governo não tem estatísticas de recusa de vagas.

A procura continua a superar a oferta. As vagas na rede de cuidados continuados não chegam para os que esperam por um lugar e, neste momento, a lista de espera ultrapassa os 1700 doentes que efetivamente estão referenciados no sistema - serão mais, só que não estão oficialmente contabilizados. A lista vai aumentando. Há um ano, cerca de 1200 doentes aguardavam por uma cama. Entretanto foram criados mais 500 lugares, mas, mesmo assim, não há respostas para todos.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG