Pandemia

Mais de 300 enfermeiros infetados com Covid-19

Mais de 300 enfermeiros infetados com Covid-19

Mais de 300 enfermeiros estão infetados com o coronavírus e 1750 estão em vigilância ativa em casa, segundo a Ordem dos Enfermeiros.

Mais de 300 Enfermeiros estão infetados com a Covid-19 e 1750 estão neste momento em casa, em vigilância ativa, depois de terem estado em contacto direto com doentes, a aguardar teste ou resultado.

Esses são os primeiros resultados do inquérito lançado pela Ordem dos Enfermeiros, na passada terça-feira, para conhecer a real situação dos profissionais que estão na linha de defesa da pandemia da Covid-19.

Segundo a Ordem, em apenas 48 horas, 18306 enfermeiros responderam ao formulário, o que corresponde a cerca de 40% do número de profissionais que trabalham no Serviço Nacional de Saúde.

"Com 18 mil respostas, temos 322 enfermeiros infetados e mais de 1500 afastados das suas funções, em vigilância ativa em casa", revela a Ordem, num comunicado em que considera que os resultados "confirmam" as suas "suspeitas", de que "dados que estão a ser avançados estão aquém da realidade.

Na quinta-feira, o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, revelou que o novo coronavírus já infetou 1.124 profissionais de saúde em Portugal, entre os quais 206 médicos e 282 enfermeiros.

Segundo a Ordem, o Porto é a cidade com maior número de enfermeiros infetados (com 104), seguida de Lisboa (62), Coimbra (46) e Braga (26).

Outras Notícias