Covid-19

Mais de 4300 utentes já reportaram resultados de autotestes na plataforma eletrónica

Mais de 4300 utentes já reportaram resultados de autotestes na plataforma eletrónica

Mais de 4300 utentes já reportaram os resultados de autotestes à covid-19 na plataforma eletrónica criada há um mês e 2.425 ao SNS 24, segundo dados dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS).

Até segunda-feira, foram reportados 4365 resultados de autotestes SARS-CoV-2 na plataforma eletrónica para reporte de resultados de autotestes SARS-CoV-2, que entrou em funcionamento no dia 20 de maio, no âmbito do regime excecional e temporário para a realização em autoteste de testes rápidos de antigénio por não profissionais.

Os dados avançados à agência Lusa referem também que Centro de Contacto do Serviço Nacional de Saúde - SNS24 (808 24 24 24) registou, desde o dia 5 de abril, 2425 contactos de utentes assintomáticos que comunicaram resultado de autoteste positivo ou inconclusivo.

Para os SPMS, o autoreporte tem sido "uma mais-valia" no combate à pandemia, defendendo ser "fundamental a sua integração, cada vez maior, com as várias ferramentas do SNS".

Exemplificam com o reporte de sintomas na plataforma "Autoreport & Trace COVID-19", desenvolvida pela Direção-Geral da Saúde e pelos SPMS, que já recebeu registos de mais de 1,3 milhões de utentes.

"Tem tido um contributo inestimável no controlo epidemiológico", sublinham na resposta à agência Lusa.

Os autotestes à covid-19 passaram a integrar a Estratégia Nacional de Testes para SARS-CoV-2, sendo a notificação dos seus resultados importante para monitorizar a atividade nacional de testagem, segundo o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA).

PUB

Até à criação da plataforma, desenvolvida pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), em articulação com a Direção-Geral da Saúde (DGS), INFARMED - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde e INSA, o reporte pelos cidadãos de resultados positivos ou inconclusivos apenas era possível através do SNS24.

Desde que foi permitida a venda de autotestes nas farmácias e nas parafarmácias, os distribuidores farmacêuticos já distribuíram mais de 500 mil autotestes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG