Exclusivo

Mais de uma multa por dia aos donos de animais apanhados sem chip

Mais de uma multa por dia aos donos de animais apanhados sem chip

Desde 2019 todos os cães, gatos e furões têm de ter microchip e registo no Sistema de Informação de Animais de Companhia até 120 dias após nascimento. Período transitório termina a 25 de outubro.

No ano passado, a GNR levantou 410 autos devido a animais sem identificação eletrónica, mais 30 do que em 2020. Para os cães já é obrigatório e, em outubro, acaba o período transitório que permitia que alguns gatos e furões ficassem de fora dos registos. O procedimento para a colocação daquele identificador pode custar cerca de 30 euros. As coimas começam nos 50 euros.

Segundo dados avançados ao JN pela GNR, em 2021 foram levantados 410 autos de contraordenação por falta de identificação eletrónica (microchip), mais 30 do que em 2020, ano que foram celebrados 380 autos. A GNR "regista estas denúncias quer através da Linha SOS Ambiente e Território da GNR (808 200 520), quer através de ações de patrulha e fiscalização dos postos territoriais e dos núcleos de Proteção Ambiental", especifica a Guarda.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG