Exclusivo

Mais diabéticos amputados por falta de camas e recursos durante a pandemia

Mais diabéticos amputados por falta de camas e recursos durante a pandemia

Médicos denunciam que dificuldades de gestão das camas hospitalares durante a pandemia levaram a que se optasse por amputar membros em vez de fazer tratamentos mais demorados.

As associações de diabéticos dizem que as dificuldades de acesso e acompanhamento na pandemia agravaram a situação de muitos doentes, tendo contribuído para mais amputações. Hoje assinala-se o Dia Mundial da Diabetes.

Segundo José Boavida, presidente da Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP), para além de uma "diminuição de diagnósticos e de rastreios" que terá implicações futuras, nos períodos mais intensos da pandemia, o receio de contrair covid-19 levou muitos doentes a adiar a ida aos serviços de saúde. Houve ainda dificuldades de acesso e registaram-se menos consultas de acompanhamento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG