Pandemia

Mais duas mortes e 235 novos casos de covid-19 em Portugal

Mais duas mortes e 235 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista esta sexta-feira mais duas mortes por covid-19 e 235 novos casos de infeção. No total, contabilizam-se 1772 óbitos e 53783 infetados desde o início da pandemia.

Duas pessoas morreram, nas últimas 24 horas, elevando para 1772 os óbitos confirmados por covid-19. Segundo o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS), foram contabilizados mais 235 infetados, menos 90 que os anotados na quinta-feira.

Desde o início da pandemia, em março, já conseguiram recuperar da doença 39374 pessoas, mais 197 nas últimas 24 horas, segundo o boletim da DGS desta sexta-feira.

O número de internados baixou, de 358 para 348 (menos 10 de ontem para hoje), mas há mais duas pessoas hospitalizadas em Unidades de Cuidados Intensivos - são agora 41.

As vítimas mortais são ambas da Região de Lisboa e Vale do Tejo, um homem, com mais de 80 anos, e uma mulher com mais de 60 anos. Os dados indicam ainda que, do total das vítimas mortais a nível nacional, 891 são homens e 881 são mulheres.

Dos 235 infetados contabilizados nas últimas 24 horas, 149 são da Região de Lisboa, o que equivale a cerca de 63% do total, consistente com a percentagem média da semana, que rondou sempre os 60%. No total, a RLVT soma 27794 infeções e 627 óbitos.

Na Região Norte, foram registados 52 novos casos de covid-19, elevando o total para 19353, mantendo-se os óbitos em 838.

Sem novos óbitos há dias, a Região Centro contabilizou seis novas infeções, totalizando agora 4568, para 253 mortos.

No Alentejo contam-se mais 13 casos positivos, com o total a ascender agora a 799 (e 22 óbitos desde o início da pandemia), enquanto no Algarve se registaram mais 11 contágios, para um somatório de 957. Os óbitos estabilizaram em 17.

Na Madeira, que a 1 de agosto impôs o uso generalizado de máscaras, registaram-se dois novos casos nas últimas 24 horas. Após vários dias sem novas infeções, o arquipélago madeirense contabiliza até agora 128 casos positivos de covid-19.

A maior parte dos casos de infeção são de mulheres (29690), contra os 24093 homens que contraíram a doença e, em termos gerais, há mais infetados na faixa etária entre 40 e 49 anos (8865), seguindo-se a faixa entre 30 e 39 anos, que contabilizava esta sexta-feira 8803 casos.

A faixa etária entre os 20 e os 29 anos totaliza desde o início da pandemia 8307 casos, enquanto na faixa dos 50 aos 59 anos, os casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2 situa-se nos 8073.

Com mais de 80 anos, tiveram infeções confirmadas 6059 pessoas, enquanto 5364 pessoas entre os 60 e os 69 anos adoeceram.

A covid-19 já afetou em Portugal 1986 crianças até aos 9 anos e 2533 entre os 10 e os 19 anos.

Por faixas etárias, o maior número de óbitos concentra-se nas pessoas com mais de 80 anos (1184), seguidas das que tinham entre 70 e 79 anos (347), entre 60 e 69 anos (158) e entre 50 e 59 anos (57).

Há ainda 20 mortos registados entre os 40 e 49 anos, quatro entre os 30 e 39 e dois entre os 20 e 29 anos.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 36345 pessoas e aguardam resultado laboratorial 1298 pessoas, mais 50 do que no dia anterior.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 754 mil mortos e infetou quase 21 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG