Pandemia

Mais três mortos e 278 novos casos de covid-19 em Portugal

Mais três mortos e 278 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista esta quarta-feira mais três óbitos por covid-19 e 278 novos casos de infeção. As vítimas mortais são mulheres com mais de 80 anos, duas no Norte e uma em Lisboa.

A Direção-Geral da Saúde contabiliza um total de 1764 mortes associadas à covid-19 desde o início da pandemia, em março, e 53223 casos confirmados de infeção. Até agora conseguiram recuperar da doença 38940 pessoas (mais 180 pessoas nas últimas 24 horas).

Depois de ter atingido na segunda-feira um mínimo de março com 29 pessoas internadas em unidades de cuidados intensivos (UCI), o número de doentes em estado grave aumentou na terça-feira para 35 e esta quarta-feira subiu para 40. Já o número total de pessoas a necessitar de tratamento hospitalar aumentou de 365 para 367 (mais dois).

As vítimas mortais são três mulheres com mais de 80 anos, duas na região Norte e uma na região de Lisboa e Vale do Tejo. Do total de 1764 óbitos, 887 são do sexo masculino e 877 do sexo feminino.

A região de Lisboa e Vale do Tejo registou 160 dos 278 novos casos de covid-19 no país, o que equivale a 58% do total, somando agora 27441 infeções (e 621 óbitos) desde o início da pandemia. A região Norte contabiliza 89 dos novos casos (32%), com um total de 19217 doentes e 836 mortes.

A região Centro acumulou mais 12 casos (4%), para um total de 4538, mantendo os mesmos 253 óbitos. O Alentejo somou 10 novos casos (3,6%), para um total de 780, e mantém as 22 mortes. O Algarve conta quatro novos doentes (1,4%), num total de 938, e mantém as 17 vítimas mortais.

No Arquipélago dos Açores há mais um infetado, para um total de 184 casos positivos, com 15 vítimas mortais registadas desde o início da pandemia. Na Madeira, foram registados dois novos casos, num total de 125, sem qualquer vítima mortal associada à covid-19.

A nível de concelhos, Lisboa continua a ser o mais afetado, com 4691 casos, seguido de Sintra, com 3906, Loures, com 2413, Amadora, com 2299, e Gaia, com 1839.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG