Exclusivo

Mar já levou 17 vidas, mais do que em toda a última época balnear

Mar já levou 17 vidas, mais do que em toda a última época balnear

Maioria dos afogamentos em zonas sem vigilância. Fim de medidas sanitárias e aumento de turistas são explicação.

Desde o início da época balnear até ontem, morreram 17 banhistas afogados em praias portuguesas, tendo a maioria (12) falecido em areais sem nadadores-salvadores. Quando falta ainda mais de um mês para o fim do verão, este número já ultrapassa o total de óbitos ocorridos em todo o período estival do ano passado, quando faleceram 14 pessoas. Este balanço não inclui as mortes em barragens, como as ocorridas no passado fim de semana em Montargil.

José Sousa Luís, porta-voz da Autoridade Marítima Nacional (AMN), acredita que o aumento se pode explicar "pelo fim das medidas sanitárias, o aumento do turismo estrangeiro e a procura por zonas não vigiadas, onde a assistência a banhistas em apuros não existe".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG