Presidência da República

Marcelo convida Presidente são-tomense a visitar Portugal e anuncia visita de Costa

Marcelo convida Presidente são-tomense a visitar Portugal e anuncia visita de Costa

O chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, convidou o novo Presidente são-tomense, Carlos Vila Nova, a visitar Portugal e anunciou que o primeiro-ministro, António Costa, deverá visitar São Tomé e Príncipe nos próximos meses.

Marcelo Rebelo de Sousa assistiu este sábado à posse de Carlos Vila Nova como Presidente da República Democrática de São Tomé e Príncipe, na Assembleia Nacional, em São Tomé, e no final da cerimónia prestou declarações à comunicação social.

"Eu tive a oportunidade de convidar o senhor Presidente a visitar Portugal entre o fim deste ano e o primeiro semestre do ano que vem, para dar sequência a um relacionamento que era muito próximo com o seu antecessor, com o Presidente Evaristo Carvalho", declarou o Presidente português.

"E penso que o senhor primeiro-ministro também terá a oportunidade de cá vir ainda nos próximos meses. O que quer dizer que este estreitamento vai continuar para o futuro com o senhor Presidente da República e com as autoridades são-tomenses" acrescentou.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, "isso é muito importante", porque Portugal e São Tomé e Príncipe têm "muito, muito a construir não apenas no quadro da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa [CPLP] mas no quadro das relações entre os dois povos".

A visita de António Costa a São Tomé e Príncipe deverá acontecer "mais para o fim do ano", adiantou.

O chefe de Estado manifestou da parte de Portugal "a preocupação de continuar uma colaboração que tem sido muito intensa no combate à pandemia [de covid-19], que aqui ainda conhece uma quarta vaga forte".

PUB

"Mas também nas consequências económicas e sociais que têm a ver com a crise, no domínio da saúde, no domínio da educação, numa série de domínios, e depois nesse domínio fundamental que é a cooperação militar numa área tão sensível como é a do Golfo da Guiné", completou.

Esta sábado, antes de regressar a Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa vai visitar o navio-patrulha Zaire, da Marinha Portuguesa, que desde janeiro de 2018 se encontra em missão em São Tomé e Príncipe, no âmbito de um acordo bilateral.

De acordo com o Presidente português, "há, de facto, perspetivas de futuro muito importantes" em diversos domínios das relações bilaterais. "E isso está representado pela minha presença cá", disse.

Carlos Vila Nova, de 62 anos, foi eleito com o apoio do partido Ação Democrática Independente (ADI), na segunda volta das eleições presidenciais, em 05 de setembro, com 57,54% dos votos, derrotando Guilherme Posser da Costa, apoiado pela atual maioria parlamentar MLSTP-PSD/PCD/MDFM/UDD, que suporta o executivo chefiado por Jorge Bom Jesus.

Marcelo Rebelo de Sousa considerou que houve em São Tomé e Príncipe uma "transição democrática, pacífica, com grande elevação" e elogiou o novo Presidente pelo modo como se dirigiu ao povo são-tomense.

"Esta força neste novo arranque é essencial para o futuro do povo irmão de São Tomé e Príncipe, mas é essencial para o futuro de todos nós. Estamos unidos. Quando dizemos que somos irmãos, somos mesmo irmãos, e o que corre bem a um irmão nosso, corre bem a nós", afirmou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG