O Jogo ao Vivo

Pandemia

Marcelo diz que é "prematuro" falar sobre nova variante e pede tranquilidade

Marcelo diz que é "prematuro" falar sobre nova variante e pede tranquilidade

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse, esta sexta-feira, que é "prematuro" falar sobre as "conclusões e os efeitos" da nova variante B.1.1.529, detetada pela primeira vez na África do Sul, classificada como "de preocupação".

Questionado sobre a nova variante detetada na África do Sul, que foi já detetada na Bélgica, Marcelo Rebelo de Sousa disse ser "prematuro falar sobre o que se passa", acrescentando que os especialistas e as produtoras de vacinas estão a estudar o assunto. "Isso seria alarmar as pessoas. A melhor ajuda que podemos dar é respirar fundo", afirmou.

Segundo o chefe de Estado, o tema foi discutido na última reunião do Infarmed e os peritos consideram que a variante, batizada de Omicron, "é muito contagiosa, mas não tão mortal quanto contagiosa".

Sobre a eventual proibição de voos com África, o Presidente respondeu que a decisão cabia ao Governo.

Marcelo garantiu ainda que vai viajar para Angola, entre 26 e 29 de novembro, para participar na Bienal de Luanda, apesar da situação. "Angola não é vizinha da África do Sul", sublinhou, garantindo que vai "fazer testes todos os dias".

O Presidente pediu tranquilidade, recordando os dados epidemiológicos de 26 de novembro do ano passado: 5444 novos casos, 3308 pessoas internadas e 527 doentes graves. Segundo os dados mais recentes, há, esta sexta-feira, 3205 novos casos, 705 internados e 100 doentes graves.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG