O Jogo ao Vivo

Belém

Marcelo e Costa reúnem esta terça-feira com novo governo em cima da mesa

Marcelo e Costa reúnem esta terça-feira com novo governo em cima da mesa

O presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa recebe, esta terça-feira, o primeiro-ministro António Costa no Palácio de Belém, em Lisboa. Marcelo adiantou aos jornalistas que a constituição do novo Governo deverá ser abordada.

A reunião semanal entre o chefe de Estado e o primeiro-ministro é habitualmente à quinta-feira mas, como António Costa vai estar quinta e sexta-feira em Bruxelas, a participar no Conselho Europeu dedicado ao Brexit (saída do Reino Unido da União Europeia), a reunião em Belém foi antecipada para esta terça-feira, confirmou fonte oficial ao JN.

É provável que na agenda de Marcelo e Costa esteja um esboço do futuro governo, uma vez que é expectável que a tomada de posse seja agendada para o final da próxima semana. De acordo com os prazos do calendário eleitoral, na quarta-feira são contados os votos referentes à emigração pelos círculos da Europa e de Fora da Europa, que elegem quatro deputados, que serão depois enviados para publicação em "Diário da República" pela Comissão Nacional de Eleições (CNE).

A reunião irá realizar-se depois do regresso a Belém do presidente da República que está, esta tarde, em Tábua, no âmbito dos dois anos dos incêndios de outubro de 2017 na região Centro que provocaram a morte a 50 pessoas, fizeram 70 feridos e destruíram total ou parcialmente cerca de milhar e meio de casas e mais de 500 empresas.

Questionado pelos jornalistas se no encontro irá falar com Costa sobre a constituição do novo Governo, Marcelo Rebelo de Sousa de Sousa respondeu que "é natural que essa temática seja tratada", mas sublinhou desconhecer se irá receber já a lista formal com os nomes dos novos governantes.

Na quarta-feira de manhã, o primeiro-ministro vai reunir na Concertação Social com os parceiros sociais sobre o Brexit e parte a seguir para Bruxelas.

Só três dias depois da publicação dos mapas eleitorais em "Diário da República", que pode acontecer até ao dia 24 de outubro, é que os deputados podem tomar posse na Assembleia da República. Ou seja, no dia 27. Na primeira reunião do plenário é eleito o presidente da Assembleia da República.

Em declarações anteriores, António Costa revelou que tencionava levar os nomes do novo Governo ao presidente da República no dia em que a Assembleia da República tomasse posse. No entanto, se o novo Executivo for comunicado ainda hoje a Belém, Marcelo Rebelo de Sousa já poderá (se quiser) agendar a tomada de posse.

Outros Artigos Recomendados