Presidência

Marcelo lamenta a morte de bombeiro "com profunda consternação"

Marcelo lamenta a morte de bombeiro "com profunda consternação"

É "com profunda consternação" que o presidente da República lamenta a morte de um bombeiro de Miranda do Corvo, este sábado, no combate a um incêndio na Serra da Lousã.

"Marcelo Rebelo de Sousa lamenta, com profunda consternação, a morte de um Bombeiro da corporação de Miranda do Corvo, que combatia, com a sua equipa, um incêndio na serra da Lousã", lê-se numa nota divulgada, este sábado à noite, pela Presidência da República.

O chefe de Estado considera "uma triste notícia" e "uma perda profunda para quem tanto dá ao País", endereçando à família enlutada e ao corpo de Bombeiros de Miranda do Corvo "as mais sentidas condolências".

"Tendo havido ainda outros Bombeiros feridos, o Presidente da República contactou os Presidentes das Câmaras Municipais da Lousã e de Miranda do Corvo, assim como o Comandante dos Bombeiros Voluntários de Miranda do Corvo, para conhecer o ponto de situação no terreno e se inteirar do estado de saúde dos Bombeiros em questão, a quem deseja rápidas melhoras", conclui o comunicado de Belém.

Outras Notícias