Legislativas

Marcelo ouve partidos entre terça e quarta-feira

Marcelo ouve partidos entre terça e quarta-feira

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai ouvir entre terça e quarta-feira os oito partidos que conseguiram representação parlamentar nas legislativas de domingo, tendo em vista a indigitação do primeiro-ministro.

"Nos termos do artigo 187.º, n.º 1, da Constituição, o presidente da República vai ouvir, amanhã [terça-feira] e depois [quarta-feira], os partidos políticos representados na Assembleia da República, na sequência das eleições legislativas de ontem [domingo]", lê-se numa nota publicada no sítio oficial da Presidência da República na Internet.

Segundo a mesma nota, o chefe de Estado irá ouvir na terça-feira o Livre, às 15 horas, o PAN, às 16 horas, o BE, às 17 horas, e o PCP, às 18 horas, e na quarta-feira a Iniciativa Liberal, às 15 horas, o Chega, às 16 horas, o PSD, às 17 horas, e o PS, às 18 horas - por ordem crescente de representação na Assembleia da República.

PUB

O PS venceu as legislativas de domingo com maioria absoluta, com 41,7% dos votos e 117 dos 230 deputados, faltando ainda atribuir os quatro mandatos dos círculos da emigração, numas eleições em que o Chega se tornou a terceira força política e CDS-PP e PEV perderam representação parlamentar.

O artigo 187.ª da Constituição da República Portuguesa estabelece que "o primeiro-ministro é nomeado pelo Presidente da República, ouvidos os partidos representados na Assembleia da República e tendo em conta os resultados eleitorais".

Na sequência das legislativas de 6 de outubro de 2019, Marcelo Rebelo de Sousa ouviu os então dez partidos com representação parlamentar todos na terça-feira seguinte, e nessa mesma noite indigitou António Costa, secretário-geral do PS, partido vencedor das eleições sem maioria absoluta, como primeiro-ministro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG