O Jogo ao Vivo

Saúde

Margarida Tavares, médica do S. João, vai liderar plano nacional contra VIH

Margarida Tavares, médica do S. João, vai liderar plano nacional contra VIH

A médica Margarida Tavares, do Centro Hospitalar Universitário São João (CHUSJ), no Porto, foi nomeada pela Direção-Geral da Saúde (DGS) para liderar a estratégia nacional de controlo das infeções sexualmente transmissíveis e da infeção pelo VIH em Portugal. Dos 11 programas prioritários para a DGS, três têm coordenadores do CHUSJ.

O CHUSJ revelou, em comunicado, que Margarida Tavares terá a tarefa de "promover o acesso universal a prevenção, rastreio, diagnóstico precoce e tratamento adequados, combatendo o estigma e a discriminação" dos infetados com VIH ou outras infeções sexualmente transmissíveis.

Além disso, a médica deverá também pugnar pela participação dos cidadãos portadores destas doenças na sociedade civil, bem como "garantir estratégias nacionais de monitorização e a adoção das políticas alinhadas com os objetivos do desenvolvimento sustentável".

No novo cargo - sucede a Isabel Aldir - Margarida Tavares terá ainda o papel de "promover a capacitação dos profissionais de saúde" no que toca à forma como este género de infeções são encaradas e tratadas, anunciou o CHUSJ. A garantia de que o SNS dispõe dos meios necessários para a prevenção e o tratamento destas doenças será outro dos desafios.

Terceira nomeação vinda do São João

Margarida Tavares é a atual coordenadora do Internamento e da Unidade de Doenças Infecciosas Emergentes do Serviço de Doenças Infecciosas de S. João. Irá liderar o plano nacional de combate às infeções sexualmente transmissíveis - um dos 11 programas que a DGS classifica como "prioritários".

"Dos 11 programas de saúde prioritários da DGS, três dos coordenadores são atualmente médicos do CHUSJ", sublinha a nota do Centro Hospitalar.

PUB

José Artur Paiva, diretor do Serviço de Medicina Intensiva do CHUSJ, dirige o programa para a Prevenção e Controlo de Infeções e Resistência aos Antimicrobianos.

Já Filipe Macedo, diretor do Serviço de Cardiologia do CHUSJ, lidera o Programa Nacional para as Doenças Cérebro-Cardiovasculares. É coadjuvado por Elsa Azevedo, diretora do Serviço de Neurologia do CHUSJ.

Os outros programas prioritários da DGS são a Prevenção e Controlo do Tabagismo, a Promoção da Alimentação Saudável, a Promoção da Atividade Física, a Diabetes, as Doenças Oncológicas, as Doenças Respiratórias, as Hepatites Virais e a Saúde Mental.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG