Premium

Marinha renova títulos de nadadores em vias de caducar

Marinha renova títulos de nadadores em vias de caducar

Sem piscinas abertas para a realização dos cursos e certificações de novos nadadores-salvadores, a Marinha decidiu manter válidos os títulos com três anos que iam caducar este ano.

"Com esta medida, tendo em conta o estado de emergência que vai continuar a impossibilitar a realização de cursos, é expectável que o número de nadadores-salvadores se mantenha nos níveis do ano passado", explicou Velho Gouveia, capitão do Instituto de Socorros a Náufragos (ISN). Atualmente existem 5799 nadadores-salvadores certificados para a época balnear, dos quais 224 receberam o título este ano, antes da interrupção.

"Pensando que, na melhor das hipóteses, temos o dispositivo de assistência a banhistas ativo em julho, a forma que achámos melhor, tendo em conta a suspensão das formações, foi manter o título de há três anos válido, acreditando que os portadores possuem robustez física para o exercício da profissão", refere o capitão do ISN. Ainda foi ponderada a hipótese de serem pedidos atestados médicos, mas a decisão foi posta de parte por se considerar que "os médicos disponíveis têm que estar a combater a pandemia".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG