O Jogo ao Vivo

Professores

Mário Nogueira parte loiça em conferência de imprensa (veja o vídeo)

Mário Nogueira parte loiça em conferência de imprensa (veja o vídeo)

A carreira docente está feita em cacos? O secretário-geral da Fenprof não tem dúvidas e para exemplificar a falta de progressão de carreira dos professores partiu loiça durante uma conferência de imprensa.

"Estamos numa escola, que é um saquinho com 15 pessoas a serem avaliadas. Nestes dois pratos, de muito bom e excelente, só podem ficar 25%, sendo que o máximo no excelente são 5%. Ou seja, se em 15 professores, sete tiveram excelente, só um é que lá pode ficar e os outros seis têm de passar para o prato do muito bom", comparou o dirigente.

"A nossa carreira está a ficar feita em pedaços, exatamente porque o ministério está deliberadamente a destruí-la", disse ainda.

PUB

Além dos pratos, Mário Nogueira recorreu a talheres, dinheiro e caixas de mirtilos para denunciar "as injustiças e desigualdades" verificadas na carreira docente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG