O Jogo ao Vivo

Liga de Bombeiros

Marta Soares diz que Eduardo Cabrita é homem de "grandes decisões"

Marta Soares diz que Eduardo Cabrita é homem de "grandes decisões"

O presidente da Liga de Bombeiros Portugueses (LBP) afirmou, esta quarta-feira, que o Ministério da Administração Interna (MAI) estava a precisar de alguém com "dimensão e experiência política", considerando Eduardo Cabrita um homem de "grandes decisões".

"Conheço o ministro Eduardo Cabrita há muitos anos, sei que é um homem de grandes decisões, um homem aberto, que aposta na descentralização, tem ligação às autarquias, um parceiro fundamental da proteção civil, e que tem grande proximidade ao primeiro-ministro", disse à agência Lusa Jaime Marta Soares.

O presidente da LBP afirmou que o primeiro-ministro, António Costa, escolheu alguém muito próximo de si, explicando que é um sinal que "quis dar ao MAI um sentido de responsabilidade maior, entendendo como um ministério de extrema importância".

"Esta escolha é um sinal de alto sentido de responsabilidade, o ministério estava a precisar desta dimensão política e desta experiência política", salientou.

Bombeiros Profissionais satisfeitos

O presidente da Associação Nacional dos Bombeiros Profissionais (ANBP), Fernando Curto, considerou hoje uma "boa escolha" o nome de Eduardo Cabrita para ministro da Administração Interna.

"Ficámos satisfeitos, os bombeiros e a proteção civil irão beneficiar", disse Fernando Curto à Lusa a propósito do nome escolhido para suceder a Constança Urbano de Sousa, que se demitiu hoje, no Ministério da Administração Interna.

Profissionais da GNR esperam ministro com peso político e sem promessas vãs

A Associação dos Profissionais da Guarda (APG/GNR) espera que Eduardo Cabrita "venha com vontade de resolver os problemas" dos profissionais da guarda, esperando "peso político" no Governo e não "promessas vãs".

"O que pedimos, de facto, é que o novo ministro venha com vontade, não com promessas vãs, que disso já estamos fartos, mas que queira resolver", disse à Lusa César Nogueira, presidente da APG/GNR.

César Nogueira disse que os problemas com os quais Eduardo Cabrita vai ter que lidar "não são tão poucos quanto isso", destacando a falta de meios humanos e operacionais na Guarda Nacional Republicana (GNR).

Sindicato do SEF diz que Eduardo Cabrita tem "peso político"

O presidente do Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do SEF (SCIF), Acácio Pereira, considera Eduardo Cabrita um ministro "com peso político", de quem espera uma mudança na "indefinição" que é o Ministério da Administração Interna.

Para o sindicato da carreira de investigação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), é preciso que o novo ministro "mude o estado de coisas" no Ministério.

"Espero que sejam criadas as condições para que se volte a um clima de estabilidade, importante numa estrutura policial como a do SEF", disse Acácio Pereira.