Covid-19

Máximo de mortes no terceiro dia seguido com mais de 10 mil casos

Máximo de mortes no terceiro dia seguido com mais de 10 mil casos

Um dia depois de Portugal ter chegado ao número de casos de covid-19 mais alto desde o início da pandemia, registam-se hoje mais 10 663 infeções. O número de mortes atinge novo recorde: 159.

Neste primeiro dia do novo confinamento, Portugal atingiu um novo número máximo de vítimas mortais por covid-19: em 24 horas, morreram 159 pessoas com covid-19. O anterior recorde tinha sido registado na quarta-feira (156 vítimas). No total, desde o início da pandemia, 8543 pessoas morreram com o novo coronavírus em Portugal.

Quase 69% das vítimas (109) tinham 80 anos ou mais. Trinta e três tinham entre 70 e 79, treze tinham entre 60 e 69, três pertenciam à faixa etária dos 50-59 anos, e morreu ainda uma pessoa na casa dos 40 anos. A maioria das mortes (65) foi registada em Lisboa e Vale do Tejo. No Norte, morreram 35 doentes, no Centro 34, no Alentejo 15 e no Algarve 10.

Terceiro dia acima dos 10 mil casos

É o terceiro dia consecutivo com mais de 10 mil novos infetados. Depois das 10 286 infeções de quarta-feira e das 10 698 de quinta-feira, foram contabilizados, esta sexta-feira, mais 10 663 contágios - uma redução pouca significativa face a ontem. O número total de infeções desde março é agora de 528 469. A manterem-se os elevados valores diários, poderá confirmar-se a previsão dos especialistas de que o país virá a atingir os 14 mil contágios num dia. Por outro lado, recuperaram da doença mais 6458 pessoas (394 065 no total).

Lisboa e Vale do Tejo soma mais 4280 doentes, voltando a superar o número de infeções diárias no Norte (mais 3295), que durante vários meses ocupou o primeiro lugar no que diz respeito a contágios num só dia. A região Centro tem mais 2041 novos casos, o Alentejo tem 577 e o Algarve 328. A Madeira regista mais 93 e os Açores têm mais 49 infetados.

PUB

O número de internamentos também acompanha a tendência crescente: há hoje mais 192 doentes internados em enfermaria (de um total de 4560) e 11 em unidades de cuidados intensivos (em 622).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG