Ajuda internacional

Médicos alemães vão ficar em Portugal mais seis semanas

Médicos alemães vão ficar em Portugal mais seis semanas

A equipa clínica alemã, formada por 26 profissionais de saúde, que chegou a Portugal no início de fevereiro para ajudar a combater a pandemia, vai permanecer no país por mais seis semanas, anunciou esta sexta-feira a ministra da Defesa germânica.

A governante alemã Annegret Kramp-Karrenbauer utilizou a sua conta na rede social Twitter para revelar que a decisão foi tomada em concordância com os ministros portugueses da Defesa, João Gomes Cravinho, e da Saúde, Marta Temido.

"Iremos apoiar Portugal por mais seis semanas. Permanecemos juntos na Europa", escreveu a ministra, sublinhando que a ajuda que está a ser prestada pelos profissionais de saúde germânicos "é muito apreciada" em Portugal, que enfrenta um período crítico na luta contra a pandemia de covid-19.

A missão alemã, formada por 26 profissionais de saúde (entre os quais seis médicos), que chegou a 3 de fevereiro a Portugal está a trabalhar no Hospital da Luz, em Lisboa, e trouxe 40 ventiladores móveis e 10 estacionários, 150 bombas de infusão e outras tantas camas hospitalares.

Inicialmente, foi comunicado que os profissionais de saúde alemães iriam permanecer no país "durante um período de três semanas, estando prevista a sua substituição a cada 21 dias, até ao final de março", caso fosse necessário".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG