Ordem

Médicos dizem que há doentes não Covid-19 a morrer porque ficam em "segundo plano"

Médicos dizem que há doentes não Covid-19 a morrer porque ficam em "segundo plano"

A Ordem dos Médicos diz que aumentou a mortalidade porque os doentes não Covid-19 estão a ser "relegados para segundo plano".

"Os indicadores que nos chegam sobre o excesso de morbilidade e mortalidade e algumas situações concretas de doentes mostram que, infelizmente, os doente não Covid-19, por falta de estratégia e organização da Tutela estão a ser relegados para segundo plano em patologias que não podem esperar", denuncia o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, num comunicado, emitido nesta manhã de quinta-feira.

No comunicado, Miguel Guimarães ressalva que tem "noção" de que, com a atual situação de pandemia "é impossível conseguirmos manter toda a atividade normal e responder aos doentes Covid-19 no Serviço Nacional de Saúde".

Contudo, o bastonário lembra que a Ordem sempre avisou que era preciso "que fosse feita uma reprogramação das agendas, salvaguardando os casos prioritários e urgentes".

"Não podemos aceitar que se esteja a fazer uma gestão meramente politica desta pasta, em que parece que só os números da pandemia importam e todas as outras doenças e mortes deixaram de existir", vincou Miguel Guimarães.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG