Pirataria

Ministério da Educação desmente ataque informático

Ministério da Educação desmente ataque informático

O Ministério da Educação apenas confirma um "eventual acesso" indevido a uma das plataformas do Júri Nacional de Exames, mas garante que os dados dos exames estão seguros.

"O Júri Nacional de Exames foi informado pela Polícia Judiciária da eventualidade de uma área de informação ter sido comprometida", disse fonte oficial do Ministério da Educação. A área visada não tem "dados pessoais ou sensíveis" e na plataforma atacada "consta apenas informação pública", alega a mesma fonte, em declarações à CNN Portugal, que avança a notícia.

Segundo aquele canal de televisão, um pirata informático português "conseguiu entrar em algumas infraestruturas críticas do país" em áreas da Saúde, Educação e Forças Armadas.

"O Ministério da Educação não confirma nenhum ciberataque. O Júri Nacional de Exames foi informado pela Polícia Judiciária de um eventual acesso a uma área de informação, na qual consta apenas informação que é do domínio público", esclareceu a tutela, em nota enviada às redações.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG