Nacional

Ministério da Justiça não comenta acusações de Marinho Pinto

Ministério da Justiça não comenta acusações de Marinho Pinto

O Ministério da Justiça classificou este sábado como "destituídas de qualquer fundamento" as declarações do bastonário da Ordem dos Advogados, Marinho Pinto, ao acusar a ministra Paula Teixeira da Cruz de ter tentado destituir o procurador-geral da República.

"O gabinete do Ministério da Justiça não comenta afirmações destituídas de qualquer fundamento", disse à Agência Lusa fonte do ministério tutelado por Paula Teixeira da Cruz em resposta a um pedido da Agência Lusa para comentar as palavras de Marinho Pinto.

O bastonário, em declarações hoje à Agência Lusa, acusou o Governo, nomeadamente a ministra da Justiça, de ter tentado destituir o procurador-geral da República, Pinto Monteiro, antes do termo do seu mandato de seis anos, revelando que quem impediu esse acto de "chicana" e de "quase humilhação pública" do PGR foi o Presidente da República, Cavaco Silva.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG