Polémica

Ministra garante que contratação de adjunto seguiu "procedimentos"

Ministra garante que contratação de adjunto seguiu "procedimentos"

A ministra da Presidência garantiu, esta quinta-feira, que todos as procedimentos foram cumpridos no processo de contratação de Tiago Cunha para exercer funções no seu gabinete. O jovem, de 21 anos, acabou recentemente o curso de Direito, não tem experiência profissional e vai ganhar cerca de 3700 euros brutos por mês.

"Existe uma legislação desde 2012 que diz tudo o que há a dizer sobre a constituição de gabinetes: os critérios de seleção; o pagamento que é devido a cada adjunto, a cada secretária, a cada motorista; a forma de publicitar estes contratos e o calendário em que deve ocorrer", afirmou Mariana Vieira da Silva.

Segundo a governante, "estes procedimentos, neste, como em outros casos, foram seguidos". "Sobre isso não direi mais nada hoje, porque este é briefing do Conselho de Ministros e estas decisões são minhas. Dizem respeito única e exclusivamente a mim e não ao Governo como um todo", acrescentou.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG