Exclusivo

Moreira vence. PS afunda-se e Vladimiro fica mesmo feliz

Moreira vence. PS afunda-se e Vladimiro fica mesmo feliz

Porto dá mais uma vitória a independente. PSD recupera de catástrofe de 2017 e Bloco à porta de vereação. Socialistas caem a pique. Facas afiam-se para discutir liderança de Tiago Barbosa Ribeiro na Concelhia.

Os portuenses elegeram Rui Moreira para um terceiro e último mandato à frente da Câmara Municipal do Porto. À hora do fecho desta edição, não era ainda claro, contudo, se o candidato independente conseguiria renovar a maioria absoluta de mandatos alcançada nas eleições autárquicas de 2017, o que, a acontecer, obrigará Moreira a negociar à Direita (PSD) ou à Esquerda (PS), se quiser fechar a sua passagem pela Autarquia sem grandes sobressaltos.

O resultado de ontem foi particularmente severo para o PS, que, de acordo com as sondagens divulgadas pelas várias estações televisivas, terá perdido cerca de 10 pontos percentuais (pp) relativamente ao resultado obtido há quatro anos. Tiago Barbosa Ribeiro, presidente da Concelhia do Porto do PS, foi o candidato escolhido, depois de um rocambolesco processo em que a primeira opção recaiu sobe Eduardo Pinheiro. O secretário de Estado da Mobilidade recusou o convite, abrindo uma série crise no PS-Porto

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG