1930-2022

Morreu Amélia de Azevedo

O presidente do PSD, Rui Rio, enviou as condolências à família de Amélia de Azevedo, fundadora do Partido Popular Democrático e antiga deputada do partido, que morreu aos 92 anos.

"A sua falta será sentida, mas o seu nome será lembrado entre nós como uma verdadeira social-democrata, ao serviço de nobres valores e de Portugal", recorda o PSD, numa nota à imprensa.

De acordo com o PSD, Amélia de Azevedo participou diretamente na fundação do PPD e "teve um trabalho político muito vasto, nomeadamente em funções parlamentares".

Amélia Cavaleiro Monteiro de Andrade de Azevedo foi deputada do PSD na I, II, III e IV Legislaturas, eleita pelo círculo do Porto, e foi ainda deputada da Assembleia Constituinte.

Segundo o partido, Amélia de Azevedo "destacou-se na promoção da alfabetização e da educação, tendo feito parte, como representante do Grupo Parlamentar do PSD, no Conselho Nacional de Alfabetização e Educação de Base de Adultos (CNAEBA), no final da década de 1970".

Amélia de Azevedo nasceu em 05 de janeiro de 1930, militante n.º 120 do PSD, inscrita no partido desde 11 de julho de 1974, e era casada com Amândio de Azevedo, também fundador do PSD, ex-secretário-geral e ex-ministro do Trabalho e da Segurança Social no IX Governo Constitucional, refere ainda o partido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG